O penico hilariante

Last modified date

Comments: 0

penico hilariante

No artigo onde vos falei do desfralde da Caetana referi um penico novo que não era nada do que eu pretendia mas serviu para umas boas gargalhadas. Hoje explico-vos tudo sobre esse penico hilariante.

Caetana já tinha um penico ainda antes de ter nascido, foi uma das coisas que trouxe de casa da minha mãe, de quando eu era criança. Sempre lhe achei uma certa piada porque é uma autêntica sanita miniatura.

Quando Caetana pediu para utilizar cuecas, no verão, tivemos necessidade de comprar outro penico, para colocar junto à piscina dela e assim ser mais prático fazer as suas necessidades sem termos que lhe pegar ao colo.

Penico/ sanita miniatura que já era meu

Pesquisámos num site conhecido e surgiram algumas opções. Entre elas um chamado “BACIO W.C. MUSICAL SARO” por 39.99€, vários a 9.99€ e um modelo a 7,99€

Avaliando deste lado do ecrã, interpretei que a diferença de 2€ entre o modelo mais barato e os outros seria apenas uma questão estética – os de preço intermédio eram mais engraçados e tinham bonecos estampados. O mais caro de todos não dava margem para dúvidas, tocava algo quando as crianças fazem as suas necessidades.

Nesse mesmo dia comentei com o meu marido que achava desnecessário fabricarem penicos que produzem músicas quando as crianças fazem as suas necessidades e, em tom de brincadeira, acrescentei que, se eu fizesse muita questão da música, por 40€ preferia cantar eu.


Porque é que acho desnecessário um penico produzir sons?

Quando uma criança vai ao penico fá-lo para seu bem-estar e, a meu ver, não deverá ser premiada por isso. A criança deve deixar de utilizar fralda e passar a utilizar o penico/ redutor/ sanita quando se sentir preparada para tal. Não o deverá fazer em troca de qualquer tipo de recompensa.

A recompensa de ir ao penico é natural: não ficar com as necessidades junto ao rabo, como acontece enquanto utilizam fraldas. Além disso, premiar a criança por utilizar o penico pode fazer com que associe que tem que ir ao penico pela recompensa (e não por sua vontade) e/ou para agradar os pais – e não porque se sinta melhor consigo própria, correndo o risco de regredir e, mais tarde, voltar a pedir fraldas.

Portanto sim, acho extremamente desnecessário ter um penico que toca uma música quando a criança fax xixi!


Continuando na escolha do penico novo, chamei Caetana para decidir qual o que mais lhe agradava e ela apontou um, sem que eu me tivesse apercebido que se chamava “BACIO MELODY SARO” – nem que tivesse notado não teria associado porque o mais caro incluía a palavra MUSICAL e a diferença de valores era generosa.

Dois dias depois, chega a encomenda e saltam-me logo à vista 3 mini sensores no interior do penico.

Percebi logo de que se tratava. Os bacios de 9.99€, pelos vistos, além de mais giros e com bonecos, também tocam. Melhor que isso, tocam a melodia da Lambada de cada vez que a criança faz xixi (cocó só se acertar nos sensores, o que nem sempre acontecia).

penico hilariante
Era toda uma comédia sempre que ia ao penico

O erro estava cometido. O penico já estava comprado, experimentámos. E a verdade é que, contra todas as expectativas, me levou a soltar umas belas gargalhadas de cada vez que Caetana se sentava nele. Era a lambada para premiar o xixi, lambada para premiar a lavagem do penico e a lambada se ficasse alguma gota mal seca..

Imaginam com que melodia me deitava à noite não imaginam? E quando já estávamos todos na cama e aquilo tocava na mesma, porque alguma gotinha escorregava para os sensores?

Acabou por ficar alguns dias cá em casa mas, felizmente, a questão não era ir fazer xixi para ouvir a lambada. Era ir fazer xixi e estar atento para perceber se tocava ou não, porque passado algumas utilizações nem sempre tocava (e ainda bem).

Como é em vossas casas, são a favor ou contra recompensas nas idas à casa de banho?

Carolina Valente Pereira

Gosto de ler, escrever, partilhar factos, aventuras, opiniões e brincadeiras

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment