A música nas crianças

Last modified date

Comments: 0

maternidadeneutra.pt

Hoje é o dia mundial da música!
Conhecem os seus benefícios no desenvolvimento das crianças?
Deixo-vos 3 exemplos de instrumentos musicais que podem fazer com e para os vossos filhos.

Um dos primeiros sentidos a ser desenvolvido pelos bebés, ainda dentro do útero materno, é a audição! Por este motivo é comum que se aconselhe grávidas a ouvir músicas relaxantes e a falar com o seu bebé. Assim, o bebé não só fica mais familiarizado com a voz da mãe, como a música terá efeito no seu bem-estar.

a música no desenvolvimento das crianças

Quando um bebé nasce, de forma inconsciente, temos o hábito de lhe cantar para embalar, quando queremos que acalme e/ou adormeça. O bebé começa a crescer e é comum chegar da creche ou do jardim de infância a cantar algo que ouviu nesse dia.

A maioria das crianças reage de forma positiva à música, tentando cantar ou apenas movendo o corpo quando a ouve. Chegada a adolescência, quantos de nós não desenvolvemos também outras línguas ao tentar cantar músicas que ouvíamos no rádio?

Ao percebermos o gosto das crianças pela música, temos a tendência de a incluir no nosso quotidiano, muitas vezes de forma inconsciente e apenas lúdica. No entanto, será que sabemos realmente o bem que estamos a promover no desenvolvimento das nossas crianças? Depois de lerem este artigo, talvez passem a cantar ainda mais com os vossos filhos.

Desenvolvimento cognitivo

Vários estudos demonstram a importância da música no desenvolvimento cognitivo da criança, pois há uma forte relação entre a aprendizagem da música e o desempenho académico.

As músicas infantis, muitas delas com sílabas ritmadas e repetitivas, ajudam na aquisição de vocabulário, sendo uma mais valia não só no presente como no futuro da criança.

Desenvolvimento sócio-emocional

Também no desenvolvimento sócio-emocional é notável a influência da música. Uma criança que ouve música aprende a conviver melhor com os outros. A música encanta-as e proporciona-lhes segurança emocional e confiança. A criança sente-se compreendida ao partilhar canções de que gosta.

a música no desenvolvimento das crianças
escutar

Desenvolvimento da motricidade grossa

Ainda antes de saber andar, já um bebé se movimenta ao som da música, desenvolvendo assim a sua motricidade grossa. Mesmo que o movimento comece por ser demasiado rápido e desajustado em relação ao ritmo da música. Aprender gestos e movimentos específicos, estimulará o seu sentido de ritmo, concentração e coordenação do corpo.

Desenvolvimento da motricidade fina

Se, além da música, a criança aprender a tocar um instrumento musical, desenvolverá ainda a sua motricidade fina aliada à atenção, concentração e coordenação na forma como terá que manusear o instrumento para produzir as diversas notas musicais.

Nota: Apesar das vantagens não devemos obrigar os nossos filhos a aprender a tocar um instrumento, devemos apenas estimular o seu interesse e aceitar inscrevê-los. O nosso dever é, acima de tudo, respeitar os interesses da criança. Se não houver interesse, a criança não deverá ser obrigada a aprender um instrumento musical.

Pessoalmente, sou apologista de convencer a criança a experimentar – tanto instrumentos, como atividades extracurriculares, alimentos que não conhece… Penso que, como pais, devemos estar atentos para sugerir o que achamos que será do agrado dos nossos filhos. No entanto, após ser convencida a experimentar, a criança está no seu direito de não gostar e aí sim, respeitamos e não insistimos.

a música no desenvolvimento das crianças

Vamos à prática?

Vou dar 3 exemplos: um em que não precisamos de objetos, outro com objetos simples que penso que todos temos em casa e um terceiro ligeiramente mais complexo (ainda assim não é difícil).

Sons corporais

Já se aperceberam da quantidade de sons que podemos fazer com o nosso corpo?

– Desde cedo as crianças conseguem bater palmas. Com o passar do tempo aprendem também a bater com as mãos nas mesas;
– Mais tarde conseguem bater com as mãos no peito, nos braços, nas pernas;
– Crianças um pouco mais velhas aprendem a assobiar e estalar os dedos.

Estes movimentos são aprendidos de forma natural, sem intenção musical. Cabe aos adultos mostrar às crianças que há uma relação entre eles e a música.

Posto isto, deixo-vos um desafio para adultos e crianças que já o consigam fazer. Com crianças mais pequenas podem reduzir os movimentos, trocar o estalar de dedos por um bater nas pernas, ou outro movimento que considerem adequado e ao gosto da criança. Também podem inspirar-se neste desafio e inventar um completamente diferente, nunca esquecendo as preferências e capacidades dos vossos filhos. O desafio vem acompanhado de vídeo e cábula:

Peito – estala – bate | Peito – estala – peito – bate | Peito – estala – bate | Peito – estala. Bate – bate.

Maraca

Material necessário:
– 2 copos de iogurte;
– Arroz (ou massa, grão, feijão..)
– Fita-cola.

Colocar o conteúdo dentro de um dos copos de iogurte, alinhar o outro por cima e colar os dois com fita-cola. Ir agitando, com diferentes movimentos e intensidades.

Podemos fazer mais do que um instrumento, com diferentes conteúdos e/ou quantidades, para obter vários sons.

Se preferirem podem utilizar copos de iogurte líquido. Nesse caso basta colocar o conteúdo dentro do frasco, fechar a tampa e [dependendo da idade da criança] selar com fita-cola para impedir que a criança abra e espalhe o conteúdo do copo.

Xilofone colorido

Material necessário:
– 6 ou 7 copos de vidro (ou de acrílico ou plástico duro) iguais;
– Água;
– Baqueta infantil (ou colher/ pincel);
– Corante alimentar (opcional).

Colocar os copos de vidro alinhados. Podemos utilizar copos de acrílico ou plástico duro mas o som fica mais audível no vidro.

O primeiro copo será o mais cheio, de seguida vamos reduzindo a quantidade de água nos outros. Se quisermos fazer com escala musical, escolhemos uma medida para o copo menor e vamos adicionando gradualmente mais uma medida que no copo anterior.

Podemos juntar umas gotinhas de corante alimentar em cada um e desfrutamos dos diferentes sons.

a música no desenvolvimento das crianças

Sabiam que a música era tão importante no desenvolvimento das crianças? Vão fazer algum destes instrumentos?

Carolina Valente Pereira

Gosto de ler, escrever, partilhar factos, aventuras, opiniões e brincadeiras

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment