Querida Caetana #7meses

Last modified date

Comments: 0

Entrámos nas 28 semanas de ti, ou seja, nos 7 meses. Começámos logo com consulta.

Estamos com 6kg a mais desde última consulta, ou seja, 6kg engordados neste último mês. Gosto de falar no plural para pensar que este peso também é teu quando, na realidade, sei que ainda não é o caso [tens o teu peso claro mas nada que se compare a estes exagerados 6kg]. Até a senhora enfermeira me mandou pesar duas vezes, pensando tratar-se de algum erro.
Em toda a gravidez engordei 11kg – o que até agora não seria mau de todo, se 6 deles não tivessem chegado apenas no último mês.
Dada a situação já comecei a fazer mudanças:

  • Acabou-se o leite de soja, que comprava em pacotes pequeninos para lanches mais apressados – estão cheios de açúcar e nunca tinha reparado nisso;
  • As bolachas agora são Maria: têm pouquíssimo açúcar e zero sabor!
  • Os cereais do pequeno almoço também mudaram para uns muito menos açucarados;
  • Tenho de controlar o apetite excessivo que tenho tido. Penso que este é o ponto mais fácil, primeiro porque o facto de saber que engordei tanto ajuda o psicológico a controlar o apetite. Segundo porque o calor costuma dar sede mas não fome, e ele está a chegar.

Qual o problema do peso? Há a questão estética claro, mas essa resolve-se no pós-parto, com muita força de vontade!
Depois há a questão saúde, principalmente a saúde dos meus pés, que estão inchados e têm doído, principalmente de manhã quando me levanto e, durante o dia, se andar muito ou estiver demasiado tempo de pé. Não é só da gravidez, eu já tinha problemas nas articulações [no geral, não apenas nos pés], mas ultimamente ando pior.
Ora, se já assim ando pior, nem imagino como será se continuar a engordar 6kg por mês. Quanto mais pesar o meu corpo, mais dores terei nos pés!
Além do peso e das dores nos pés, também as mãos andam inchadas e dão dores horríveis [principalmente de manhã]. Por vezes tenho formigueiros nos dedos, cada vez mais frequentemente.
Já começo também a cansar-me mais do que o normal, noto isso a passear o cão, que é um passeio mega curtinho.

Tirando estes “efeitos secundários” de grávida que fazem parte do processo, está tudo bem, fazemos ecografia dentro de 3 semanas mas o teu coraçãozinho batia bem, e o doutor percebeu que estavas de cabeça para baixo – como tens estado em quase todas as consultas. [Cá para mim vais andar até ao fim com a cabeça para baixo e vais virar-te à última da hora :P]

Esta parece uma publicação queixosa mas não, é apenas uma publicação de registo para leitura futura. Se me perguntarem se voltava a engravidar mesmo com estas dores a resposta é certa e sem qualquer dúvida: Claro que voltava! Tudo vale a pena por cada murro e pontapé que dás aí dentro! E vai valer ainda mais quando estiveres nos nossos braços!

Vídeo desta semana

Aqui estamos nós, mais redondinhas
Tu, Caetana, e o Óscar a apanhar sol

Carolina Valente Pereira

Share

No Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment