Livro de água

Last modified date

Comments: 0

O primeiro livro de água da Caetana.
Quando vamos tomar café é frequente a Caetana ficar ao nosso colo a ver vídeos, para evitar que se empoleire onde não deve.
Quando vi este conceito de livros achei que seria um 2 em 1 perfeito. Além de ter achado super prático e engraçado, vou tentar que a Caetana se entretenha mais com o livro e menos com o telemóvel.
Com um livro de água não preciso de andar sempre com folhas/ cadernos/ desenhos/ lápis/ canetas ou o que seja. Levo o livro e a respetiva caneta (num elástico próprio que não apanhei na fotografia abaixo). Não suja e pode ser pintado as vezes que as crianças quiserem, como poderão perceber se lerem este artigo até ao fim.

Trazia duas canetas próprias – abrimos e colocamos água lá dentro.

20190521_140037.jpg
Canetas de água

Com a caneta passamos por cima dos desenhos e a magia acontece – o desenho enche-se de cor e surgem pormenores que estavam ocultos.

20190521_110634.jpg
Antes – depois de pintado – depois de seco

É verdade, após alguns minutos o desenho seca e.. volta ao preto e branco inicial, podendo ser pintado novamente.
Este livro inclui 4 desenhos, curiosidades e ‘tarefas’ para os miúdos descobrirem. No exemplo que vos mostrei pedia-lhes para encontrarem 3 hipopótamos, 3 leões pequeninos, 2 zebras e 2 girafas.
No caso da Caetana pretendo apenas que se divirta com a ‘magia’ e que continue a estranhar – como aconteceu quando experimentou – o facto de a caneta ‘pintar’ no livro mas não pintar na mão dela.
Achei muito giro, prático e custou apenas 3.56€

Já conheciam os livros de água? O que acham? Os vossos filhos gostam?

Carolina Valente Pereira

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment